21Certificação em Sistemas de Qualidade

Sistemas de qualidade são mecanismos que visam institucionalizar práticas que auxiliem na melhoria contínua do negócio, principalmente pela melhoria da Qualidade da operação e consequentemente, dos produtos e serviços decorrentes. Os mais conhecidos e difundidos são a ISO (International Organization for Standardization) e o FNQ  (Fundação Nacional da Qualidade).

Importante notar que ambos organismos têm como foco a melhoria baseada nos processos de negócio

ISO
A “International Organization for Standardization (ISO)”, ou Organização Internacional de Padronização, a maior instituição do mundo no desenvolvimento e na concessão de padrões técnicos.

A ISO é uma organização não-governamental, estabelecida em 1946 para desenvolver padrões mundiais de promoção do crescimento equitativo do comércio internacional. Com sede em Genebra, na Suíça, tem representantes em 147 países.

A ISO tem por objetivo promover o desenvolvimento da normatização e atividades relacionadas com a intenção de facilitar o intercâmbio internacional de bens e serviços e, ainda, desenvolver a cooperação nas esferas intelectual, tecnológica e econômica.
Princípios:

  • Ter como orientação a melhoria contínua e a maior satisfação do cliente.
  • Melhorar a adequação da norma para o efetivo gerenciamento do dia-a-dia das organizações (norma de “gestão da qualidade” no lugar de “garantia da qualidade”).
  • Melhorar a compatibilidade com outras normas de gestão (em particular ISO 14000).
  • Foco nos resultados.

“Escreva o que é feito, faça o que está escrito (atenda a todos os requisitos aplicáveis), melhore o que é feito e a forma como é feito, e prove que melhorou”.

8 Princípios de qualidade preconizados pela ISO:

1        Organização focada no cliente.
2        Liderança.
3        Envolvimento das pessoas.
4        Abordagem de processo.
5        Enfoque sistêmico para gerenciamento.
6        Melhoria continua.
7        Tomada de decisões baseada em fatos.
8        Relacionamento com fornecedor mutuamente benéfico.

Destacamos a “Abordagem de processo” – Um resultado desejado é alcançado mais eficientemente quando os recursos e atividades relacionadas são gerenciados como um processo.

Vantagens do uso do ISO:

  1. Melhorias na produção, produtividade, organização, qualidade do gerenciamento qualidade do trabalho;
  2. redução do desperdício, do retrabalho e refugo;
  3. melhoria na ordem e organização internas;
  4. melhoria nas comunicações/comportamento e
  5. melhoria nas relações entre o fornecedor e o cliente.

PNQ –
Prêmio Nacional da qualidade – mantido e gerido pela FNQ

A FNQ – Fundação Nacional da Qualidade – é uma entidade privada e sem fins lucrativos que foi criada em outubro de 1991 por representantes de 39 organizações brasileiras dos setores público e privado. Sua principal função era administrar o Prêmio Nacional da Qualidade® (PNQ) e as atividades decorrentes do processo de premiação em todo o território nacional, bem como fazer a representação institucional externa do PNQ nos fóruns internacionais. Tem como missão atual disseminar os fundamentos da Excelência em Gestão para o aumento de competitividade das organizações e do Brasil.

Propósitos do PNQ:

  • Aumento de Competitividade através do foco nas seguintes metas:
  • Proporcionar aos clientes um valor sempre crescente que resulte em sucesso na participação no mercado
  • Aprimorar a capacitação e o desempenho da organização como um todo

O Modelo de Excelência da Gestão® (MEG) é baseado em 11 fundamentos e oito critérios. Como fundamentos da excelência podemos definir os pilares, a base teórica de uma boa gestão.

Fundamentos da Excelência:

  • Orientação por processos;
  • Pensamento sistêmico;
  • Aprendizado organizacional;
  • Cultura de inovação;
  • Liderança e constância de propósitos;
  • Visão de futuro;
  • Geração de valor;
  • Valorização de pessoas;
  • Conhecimento sobre o cliente e o mercado;
  • Desenvolvimento de parcerias e
  • Responsabilidade social.

Esses fundamentos são colocados em prática por meio dos oito critérios de excelência:

  1. Liderança
  2. Estratégias e Planos
  3. Clientes
  4. Sociedade
  5. Informações e Conhecimento
  6. Pessoas
  7. Processos
  8. Resultados

Relação PNQ e ISO:

Não competem. Têm basicamente o mesmo modelo de gestão

ISO: tem peso no mercado

PNQ: maior foco em resultado

ISO: Foco mais normativo

PNQ: Foco mais comparativo

 

Cordialmente,

 

Pedro Osorio Souza Mello   ./

Fique à vontade para me contatar:    pepontomello@gmail.com                                                     Abril – 2015

Anúncios

Sobre Pedro Osorio Souza Mello
Olá! Sou Pedro Osorio Souza Mello, responsável técnico por um grande volume de projetos - que envolvem Processos de Negócio - pela empresa Memora – Processos Inovadores. Já passei por vários papéis no ciclo de vida de BPM, nos meus mais de 15 anos dedicados a esse segmento de trabalho. Sou o responsável pela execução e entrega dos projetos e sempre que possível, participo também da execução, o que me traz bastante alegria e conforto. Tenho uma ligação muito especial com o tema “treinamento”, o que me levou a ser também Professor – em disciplinas ligadas à Gestão de Processos”, na FIAP – Faculdade de Informática e Administração de São Paulo, nos cursos de: •Gestão de Processos de Negocio •Arquiteturas Corporativas de TI •Arquitetura de Soluções •Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) •MBA em Sistemas de Gestão Empresarial – ERP – SAP (O fato de BPM estar entre as disciplinas destes cursos é uma prova eloquente do valor do tema nos dias atuais e a relevância que tem entre os assuntos de TI). Prometi a mim mesmo escrever um livro sobre Gestão de Processos de Negócio, todavia com os novos tempos, entendi melhor fazê-lo de uma forma publicável através da rede. Gosto de compartilhar aquilo que já aprendi e receber dicas e conhecimentos de outros colegas que também convivem neste universo. A ideia desse blog é exatamente para isso. Tenho uma convicção forte sobre o potencial de Gestão de Processos - BPM, como mecanismo de melhoria contínua das organizações e sempre que me for possível, quero estar ligado, fazendo, experimentando, pensando e escrevendo sobre o tema e também sobre os vários recursos ligados a ele. Apesar de me utilizar de pesquisas, publico apenas aquilo que faz parte da minha acreditação e convicção. As opiniões expressas são estritamente minhas. Sou grato pela sua visita e espero que outros futuros acessos também ocorram. Cordialmente, Pedro Osorio Souza Mello Abril 2015

One Response to 21Certificação em Sistemas de Qualidade

  1. Geraldo Martins Riera Filho says:

    Pedro, o sistema de gestão da qualidade (NBR ISO 9001:2008) também é compatível e pode integrar-se com outros sistemas de gestão tais como do meio ambiente (NBR ISO 14001:2004), da segurança e saúde ocupacional (OHSAS 18001:2007) e da Energia (NBR ISO 50001:2011)

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: