24 Gestão de Regras de Negócio

Uma regra de negócio é uma declaração que define ou restringe algum aspecto do negócio. Destina-se a controlar ou influenciar o comportamento do negócio. Descrevem as operações, definições e restrições que se aplicam a uma organização, traduzidas em sistemas de computação, para ajudar a organização a atingir seus objetivos. Fornece orientações detalhadas sobre como uma estratégia pode ser traduzida em ação. Pode ser formal, informal, escrita ou não. É bastante comum que sejam oficialmente registradas.

Regras de Negócio já existiam antes do computador, mas atualmente além de continuarem a existir como instituição, são importantes componentes de sistema informatizado, incorporadas ao código ou chamadas por um engine de automação de processos, em tempo real, a partir de um repositório separado.

Representam um importante conceito dentro do processo de definição de requisitos para sistemas de informação – uma nova categoria de requisitos de sistema, que representa decisões sobre como executar o negócio e são caracterizadas pela orientação estratégica do negócio e sua tendência às mudanças. Tais mudanças são cada vez mais necessárias, como facilitador, para conferir flexibilidade e agilidade ao negócio nos atuais tempos.

Exemplos de regras:

  • alçadas de aprovação
  • cálculos de preço
  • níveis de desconto
  • cálculos de benefícios
  • escores de risco
  • estabelecimento de prioridades

Regras do Negócio são declarações sobre a forma da empresa fazer negócio. Refletem políticas do negócio. Organizações têm políticas para satisfazer os objetivos do negócio, satisfazer clientes, fazer bom uso dos recursos, e obedecer às leis ou convenções gerais do negócio.

Uma regra de negócio deve ser feita explicitamente e ser aprovada por uma pessoa ou grupo, competente do negócio.

Podem ser apresentadas na forma de política, procedimento, padrão, nível de responsabilidade, mecanismo de autorização e delegação.

Coletar regras de negócio é também chamado de colheita ou mineração de regras de negócios. Pode-se extrair as regras de negócio da documentação de TI (como nos casos de uso, especificações ou código do sistema). Outra forma de levantar e registrar através de workshops e entrevistas com especialistas no assunto. Tecnologias de software projetadas para capturar regras de negócio, através da análise de código fonte ou do comportamento do usuário, ou em entrevistas, podem acelerar o processamento de coleta de regra.  É preciso definir processos para a criação e modificação de regras.

Há custo e esforço necessário para manter a lista de regras, que aumentam em situações nas quais as condições de operação do negócio mudam rapidamente. Outro obstáculo comum para a adoção e registro formal de regras de negócios é a resistência dos funcionários, que entendem que o seu conhecimento das regras de negócio é a chave para segurar/garantir seu emprego.

Tem havido um investimento substancial em ferramentas para executar o gerenciamento e execução de regras de negócio. Muitas ferramentas fazem uma distinção entre motores de Regras de Negócios e Gestão de Regras de Negócio. Algumas ferramentas disponíveis no mercado agora também oferecem a possibilidade de combinar a gestão e execução das regras. Combinado com interfaces fáceis de usar e uma notação adequada, que pode ser mantida por usuários de negócios, os clientes destas ferramentas esperam reduzir ou eliminar obstáculos de seu uso, ampliando assim, a sua aplicação.

Enquanto novas ferramentas de software são capazes de combinar a gestão e execução de regras de negócios, é importante perceber que essas duas idéias são distintas e cada uma fornece valor que é diferente do outro.

Um Business Rules Engine é um sistema de software que executa uma ou mais regras de negócio em um ambiente de produção, em tempo de execução do engine de automação. As regras podem vir de regulamentação legal, a política da empresa, ou de outras fontes. Um sistema de regras de negócios permite que essas políticas da empresa e outras decisões operacionais sejam definidas, registradas, testadas, classificadas,  gerenciadas, executadas e mantidas separadamente do código do aplicativo. Substitui regras dentro do código ou aplicações específicas para parametrização.

Sistemas mais completos que suportam a criação, implantação e gerenciamento de regras de negócios são chamados de sistemas de gestão de regras de negócio (BRMS).

Arquitetura de uma solução de BRM

Regras de negócio podem ser expressas em uma linguagem muito formais, tais como:  UML, BPEL, BPMN, dentre outras. Podem ser expressas também de maneira semelhante às linguagens de programação convencionais. Em alguns BRMS as regras também podem ser expressas na forma user-friendly, tais como tabelas de decisão e árvores de decisão. Fornecidos com uma interface adequada para desenhar ou editar tabelas ou árvores de decisão, é possível para usuário de negócio verificar ou alterar as regras diretamente, com o mínimo envolvimento de TI. BRM é a nova tecnologia que permite aos usuários finais de negócio definirem regras de negócio de forma declarativa.

Quando as regras são expressas de uma forma semelhante a uma linguagem natural, é necessário primeiro definir um vocabulário a ser utilizado, que contém palavras e expressões que correspondem a objetos de negócios, as condições e as operações que os envolvem. Para fazer regras executáveis por um motor de regra, também é necessário implementar as condições na linguagem de programação. Com um vocabulário definido e implementado, é relativamente fácil escrever as regras em um BRMS. A abordagem de separar o vocabulário da lógica torna possível que as regras de negócio sejam modeladas com o usuário de negócios tomando parte do mapeamento de sua lógica de negócios e de TI, sendo responsável pela integração de dados, bem como a integração do código gerado na aplicação.

Regras de negócios não precisam ser considerados apenas como restrições. Elas também podem ser usadas para especificar as políticas de negócios.

Alguns analistas acreditam que a combinação da tecnologia de Regras de Negócio com Business Process Management oferece uma abordagem ágil para fluxo de trabalho e integração. BPM e software BR objetivam gerir e executar processos de negócios e regras de negócios de maneiras distintas, mas complementar.

Há um número de diferentes tipos de motores de regra. Estes tipos (geralmente) diferem em como as regras são programadas para execução. A maioria dos mecanismos de regras usadas por empresas estão em cadeia, que pode ser divididas em duas classes:

•Os processos de primeira classe, chamados de regras de produção /inferência. Esses tipos de regras são usadas para representar comportamentos do tipo SE condição, ENTÃO, ação.

•O outro tipo de motor de regra é o chamado reativo, que detecta e reage a eventos de entrada e eventos padrões do processo. Por exemplo, alertar o gerente quando certos itens estão fora de estoque.

A maior diferença entre esses tipos é que o motor de regra de produção é executado quando um usuário ou aplicativo o chama. Um mecanismo de regras reativa reage automaticamente quando os eventos ocorrem. Muitos recursos de software têm ambos.

A adoção de regras de negócio acrescenta outra camada de sistemas que automatizam processos de negócios. Em comparação com sistemas tradicionais, esta abordagem tem as seguintes vantagens principais,

  • Reduz o custo incorrido na modificação da lógica de negócios
  • Encurta o tempo de desenvolvimento
  • Redução do esforço de manutenção de sistemas
  • As regras são exteriorizadas e facilmente compartilhadas entre várias aplicações
  • Agilidade para adaptação  e implementação da mudança,  em tempo real!
  • Mudanças podem ser feitas mais rapidamente e com menos risco
  • Facilidade de institucionalizar regras de negócio
  • Transparência sobre as regras existentes

Em um mundo onde o ciclo de vida de modelos de negócios está se reduzindo, tornou-se cada vez mais crítica a capacidade de se adaptar prontamente às mudanças. Regras de negócios aumentam a agilidade dos negócios. A efetividade do gerenciamento de processos de negócio também aumenta à medida que as regras se tornam mais acessíveis.

Cordialmente,

Pedro Osorio Souza Mello   ./

Fique à vontade para me contatar:    pepontomello@gmail.com                                              Abril – 2015

Anúncios

Sobre Pedro Osorio Souza Mello
Olá! Sou Pedro Osorio Souza Mello, responsável técnico por um grande volume de projetos - que envolvem Processos de Negócio - pela empresa Memora – Processos Inovadores. Já passei por vários papéis no ciclo de vida de BPM, nos meus mais de 15 anos dedicados a esse segmento de trabalho. Sou o responsável pela execução e entrega dos projetos e sempre que possível, participo também da execução, o que me traz bastante alegria e conforto. Tenho uma ligação muito especial com o tema “treinamento”, o que me levou a ser também Professor – em disciplinas ligadas à Gestão de Processos”, na FIAP – Faculdade de Informática e Administração de São Paulo, nos cursos de: •Gestão de Processos de Negocio •Arquiteturas Corporativas de TI •Arquitetura de Soluções •Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) •MBA em Sistemas de Gestão Empresarial – ERP – SAP (O fato de BPM estar entre as disciplinas destes cursos é uma prova eloquente do valor do tema nos dias atuais e a relevância que tem entre os assuntos de TI). Prometi a mim mesmo escrever um livro sobre Gestão de Processos de Negócio, todavia com os novos tempos, entendi melhor fazê-lo de uma forma publicável através da rede. Gosto de compartilhar aquilo que já aprendi e receber dicas e conhecimentos de outros colegas que também convivem neste universo. A ideia desse blog é exatamente para isso. Tenho uma convicção forte sobre o potencial de Gestão de Processos - BPM, como mecanismo de melhoria contínua das organizações e sempre que me for possível, quero estar ligado, fazendo, experimentando, pensando e escrevendo sobre o tema e também sobre os vários recursos ligados a ele. Apesar de me utilizar de pesquisas, publico apenas aquilo que faz parte da minha acreditação e convicção. As opiniões expressas são estritamente minhas. Sou grato pela sua visita e espero que outros futuros acessos também ocorram. Cordialmente, Pedro Osorio Souza Mello Abril 2015

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: